sexta-feira, 28 de abril de 2017

AEDB: XIV SEGeT SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA.

26 e 27 de Outubro de 2017 Resende – Rio de Janeiro. TEMA: Ética e Gestão. Juntas por um crescimento sustentável. Desde 13 de março é possível enviar artigos para o XIV Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia. A DATA LIMITE PARA O ENVIO DOS ARTIGOS É 13 DE JUNHO DE 2017. Acesse www.aedb.br/seget para mais informações. Visitas Técnicas! INB - Industrias Nucleares do Brasil. PNI - Parque Nacional do Itatiaia. As inscrições para as visitas técnicas estarão disponíveis a partir de 22 de agosto de 2017. Datas Importantes1 Realização do Evento: 26 e 27 de Outubro de 2017. Período de Submissão de Artigos: 13/03/2017 à 13/06/2017. Divulgação dos Trabalhos Aprovados: 22/08/2017. Inscrições no Evento (Participantes com Trabalhos Aprovados): 22/08/2017 à 08/09/2017. Inscrições no Evento (Participantes sem Trabalhos Aprovados): 22/08/2017 à 20/10/2017. Disponibilização da Programação Geral: 06/10/2017. Concilie o Evento ao Potencial Turístico da Região. Participe do XIV SEGeT e aproveite para conhecer o turismo da Região da Serra da Mantiqueira, visitando lugares encantadores tais como Penedo, Visconde de Mauá e Itatiaia. Nesses locais, o visitante encontra uma natureza exuberante, cachoeiras de tirar o fôlego e ótimos lugares para a prática de escalada. Além do Parque Nacional de Itatiaia, a região conta ainda com outros destinos turísticos, como a Usina Hidrelétrica do Funil, a Colônia Finlandesa de Penedo, o Pico das Agulhas Negras e as vilas de Maromba e Maringá, ambas em Visconde de Mauá. ​​ ​ Participe! Convidamos você a participar desse relevante evento científico, enviando um ou mais artigos relacionados a uma das seguintes áreas temáticas: AC - Automação e Controle AE - Administração Estratégica AP - Administração da Produção CM - Comunicação e Mercado ED - Gestão e Tecnologia na Educação EG - Estatística e Gestão EP - Estruturas e Processos Organizacionais GE - Gestão Econômica e Financeira GP - Gestão de Pessoas LG - Logística ME - Marketing Empresarial PO - Pesquisa Operacional RS - Responsabilidade Social e Ambiental TA - Tecnologia de Produção Automotiva TI - Tecnologia da Informação. A submissão será através do site: www.aedb.br/ssa, até o dia 13/06/2017. Premiação dos Melhores Trabalhos. Os autores dos três melhores trabalhos na categoria Apresentação Oral serão premiados, desde que pelo menos um dos autores esteja presente na solenidade de premiação e que o trabalho tenha sido apresentado no evento. Informações Complementares: Informações adicionais poderão ser obtidas no portal www.aedb.br/seget, no endereço eletrônico seget@aedb.br ou pelo telefone (24) 3383.9052, de 2ª feira a 6ª feira, das 9h às 12h.

sábado, 22 de abril de 2017

I Encontro Mídias, Infâncias e Diferenças: audiências e agências em foco.

Apresentação: Em sua primeira edição, o evento intitulado I Encontro Mídias, Infâncias e Diferenças: audiências e agências em foco busca criar espaços de discussão sobre possibilidades ativas para professores e crianças quanto à criação de conteúdos midiáticos/tecnológicos, reunindo diferentes pesquisadores da área e instituições que vêm desenvolvendo estudos nesse campo, ainda em formação. Na contramão de uma proposta gerada por concepções instrumentais/tecnicistas e imediatistas sobre o saber/fazer docente e das crianças, assim como sobre as mídias - onde a governamentalidade, no dizer foucaultiano, é matriz central e referencial das propostas de desenvolvimento de “materiais instrucionais” ou das “tecnologias assistivas”, por exemplo - o evento procura oportunizar a compreensão de forma mais aprofundada sobre os múltiplos impactos subjetivos nas culturas infantis, assim como a constituição da profissionalidade docente nesse contexto, na tentativa de viabilizar a abertura de um maior protagonismo adulto e infantil, num cenário de consumo de mídias/tecnologias “prontas” que se encontra, via de regra, sendo gestado por grandes empresas, corporações e pelas maiorias culturais/linguísticas. Obviamente, tais instituições não podem refletir as concepções, desejos e a autonomia dos partícipes dos processos educativos (por exemplo, softwares, aplicativos, sites, entre outros objetos digitais, desenvolvidos PARA o professor e PARA as crianças e não concebidos/realizados POR/COM o professor e POR/COM as crianças). Objetivos: Criação de espaços de discussão sobre agência infantil e docente quanto ao desenvolvimento de diversos conteúdos midiáticos/tecnológicos e processos de audiência, reunindo pesquisadores da área e instituições que vêm desenvolvendo estudos e recursos digitais nesse campo, ainda em formação. Discussão sobre o protagonismo infantil e cotejamento de movimentos de inclusão na pluralidade nesse âmbito (numa perspectiva antropológica e não através de propostas e concepções de normalização, como destacado em SKLIAR, 2003, e padronização de agências e audiências): pluralidade de semioses, de identidades, de infâncias, de currículos, de escolas, de práticas, produções, experiências, etc. compreensão de forma mais aprofundada sobre os múltiplos impactos subjetivos nas culturas infantis, a partir de distintas áreas do conhecimento no diálogo com a psicologia, assim como a reflexão sobre constituição da profissionalidade docente nesse contexto, na tentativa de viabilizar a abertura de um maior protagonismo adulto e infantil, num cenário de consumo de mídias/tecnologias “prontas”. Público-alvo: Professores e pesquisadores da área; produtores de conteúdo midiático-tecnológico; estudantes de graduação e pós-graduação em educação e áreas afins. Localização: Centro de Convenções da Unicamp. Rua Elis Regina, 131. Cidade Universitária “Zeferino Vaz” Campinas–SP. CEP 13083-854. Outras informações em https://www.fe.unicamp.br/encontromidias2017/

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Marcha pela Ciência: gesto contra a ofensiva irracionalista no mundo.

Em artigo publicado nesta quarta (19/4), o reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Roberto Leher, faz um convite para a participação na Marcha pela Ciência e analisa a conjuntura política e econômica do país. O evento mundial terá sua edição no Museu Nacional da UFRJ no próximo sábado, das 10h às 14h, na Quinta da Boa Vista, e tem apoio nacional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).
foto: Diogo Vasconcellos (CoordCOM/UFRJ). Confira a íntegra do texto: Marcha pela Ciência: um gesto contra a ofensiva irracionalista no mundo O Brasil caminha na contramão do que seria a melhor estratégia para enfrentar uma crise econômica: investir em conhecimento científico, pesquisa e inovação. Não nos faltam exemplos de povos que também passaram por momentos dramáticos nesse sentido, mas que apostaram no fortalecimento das universidades, dos institutos públicos de pesquisa e do aparato de Ciência e Tecnologia, por meio dos blocos de poder que se reconfiguravam no calor das lutas sociais. Foi assim no contexto da Revolução Francesa, em que as grandes Écoles e universidades foram apoiadas vigorosamente; na criação da Universidade de Berlim, que se deu em um contexto de severa crise e de guerra; e na crise de 1929, em que a universidade estadunidense foi ampliada progressivamente e a pesquisa foi fortalecida com forte apoio estatal. Países como a China respondem à crise econômica mundial com mais investimentos em ciência. O dramático quadro da economia no Brasil ganhou novos contornos com o agravamento da crise política. Como corolário, é tomado ainda por uma tectônica crise de legitimidade do Executivo, da grande maioria do Legislativo, de setores do Judiciário e de vastos segmentos da grande imprensa. Diante de um contexto tão desolador, em que o futuro torna-se carregado de incertezas, decisões erradas podem comprometer de modo duradouro o porvir. Entre as muitas decisões que estão sendo tomadas contra os direitos humanos, é preciso destacar a desregulamentação e a flexibilização dos direitos trabalhistas, a inviabilização do sistema previdenciário, em prol da previdência por capitalização vinculada aos bancos, e o estrangulamento dos recursos para as universidades e os órgãos de fomento. Embora aparentemente desconexas, as medidas que rebaixam os direitos do trabalho evidenciam que o país estará cada vez mais inserido em circuitos produtivos baseados nas atividades laborais simples, prescindindo, por isso, de um robusto sistema universitário e de ciência e tecnologia. A planilha orçamentária das universidades federais em 2017 é 13% inferior ao já exíguo orçamento de 2016, ano em que muitas universidades não puderam pagar suas contas básicas. Os cortes e contingenciamentos efetuados no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) em 2017 tornam o seu orçamento equivalente a menos da metade do existente em 2005, e ainda com o agravante de que a ciência cresceu de modo importante e o ministério não incluía a área da Comunicação: é devastador. E novos contingenciamentos rondam as universidades e os laboratórios e grupos de pesquisa. A rigor, conforme as previsões oficiais, em 2017 e 2018 não haverá recursos novos para pesquisa, descontinuando investigações e grupos de pesquisa, em domínios cruciais como arboviroses, energia, agricultura, saúde, educação e cultura. A retomada não será simples. São muitos os motivos que devem levar a sociedade a apoiar a Marcha pela Ciência, no próximo dia 22 de abril. Mais de 500 cidades do mundo inteiro estão mobilizadas para defender uma produção científica independente e indispensável para a vida dos povos. No Rio de Janeiro, a manifestação acontecerá no Museu Nacional da UFRJ e nossas universidades, professores, estudantes, técnicos-administrativos e demais trabalhadores devem se animar a participar do movimento. Essa manifestação entusiasmada e crescente é inspiradora e enche de esperança os que se dedicam de corpo e alma à ciência, à tecnologia, à arte e à cultura. Além da luta contra o desmonte da universidade e da pesquisa, é um gesto contra a ofensiva irracionalista que insiste em turvar o futuro das nações. É fundamental que todos apoiem e participem das atividades e, também, das outras manifestações públicas programadas pelos setores democráticos em prol dos direitos sociais e, em particular, do desenvolvimento da imaginação criadora das crianças e jovens que protagonizam a vitalidade das instituições educacionais! Roberto Leher Reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Cidade Universitária, 19/04/2017. Fonte: Assessoria de Imprensa do Gabinete do Reitor.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

AEDB: curso de Ciências Contábeis foi reconhecido pelo MEC, com alto conceito!

Implantado em 2013, o curso de Ciências Contábeis oferecido pela Associação Educacional Dom Bosco – AEDB acaba de ser reconhecido pelo Ministério de Educação – MEC, depois de ser muito bem conceituado pela Comissão de Avaliação desse Ministério, que conferiu ao curso nota 4, numa escala de 1 a 5. Com duração de 4 anos, o curso de Ciências Contábeis forma o contabilista, profissional apto a atuar em empresas de qualquer natureza, nas funções de contador geral, gerencial e de custos, auditor, controller, perito e gerente financeiro. O curso de Ciências Contábeis tem por objetivo formar profissionais com postura gerencial, para atuação no vasto campo de aplicação da Contabilidade, seja em entidades públicas ou privadas. Nesse sentido, o curso tem como objetivo geral formar profissionais e pesquisadores com capacidade crítico-analítica, visando o contínuo aperfeiçoamento da qualidade de vida da sociedade brasileira, através da produção e disseminação de conhecimentos nas áreas específicas de mensuração contábil e de modelos de gestão econômica. Pela natureza do serviço que presta, o mercado de trabalho para o contabilista é muito amplo. Além de poder abrir seu próprio escritório de contabilidade, o profissional formado em Ciências Contábeis pode trabalhar em escritórios que prestam consultoria na área tributária para instituições financeiras multinacionais e para toda e qualquer empresa industrial, comercial ou prestadora de serviço. No final de 2016, colou grau a primeira turma de contabilistas formada pela AEDB. O curso tem sido muito procurado pelos estudantes de Resende e da região. Fonte: Virginia - AEDB/NIC - Ass.Imprensa. Acesso em http://www.aedb.br/graduacao/ciencias-contabeis/

sábado, 15 de abril de 2017

Processo de Protetização do Paciente Amputado - Fases da Reabilitação.

Thais Giglio Cordeiro* RESUMO Devido a existência do grande número de pacientes amputados em diversas regiões do Estado do Rio de Janeiro e do país, este estudo apresnta também um meio para esclarecer ao leigo, ao estudante e aos profissionais interessados, as etapas para a protetização do paciente amputado. Observa-se nesse contexto, que o paciente inicia o tratamento logo após a ocorrência da amputação, denominada fase pré-protética que será importante para que o coto se prepare para a colocação da prótese. Eeste artigo procura esclarecer de uma maneira inicial, as informações relevantes para o processo de protetização do paciente amputado, considerando, as dificuldades e esforços enfrentados pelo paciente, bem como das fases de gerais da reabilitação. Foram selecionados como referenciais teóricos, alguns autores, trabalhos acadêmicos e artigos nas bases de dados do sites mais utilizados como do Google acadêmico e Pubmed, e, de informações encontradas nos livros “Tratamento do Paciente com Amputação”, “Amputações de Membros Inferiores: em Busca da Plena Reabilitação”. Também considerou-se relevante a leitura de “Fisioterapia - Avaliação e Tratamento” para o estudo e revisão do artigo em questão. Os resultados que serão apresentados no contexto do artigo, definem a importância da participação do paciente em todas as etapas, e a equivalência da atuação profissional do fisioterapeuta responsável pelas fases de pré-protetização, marcha e protetização. Ficará evidente que em todas as etapas do processo de protetização será fundamental a participação do paciente e do fisioterapeuta para uma reabilitação bem sucedida. Palavras-chave: Amputados, Fisioterapia, Protetização, Reabilitação, Pré-Protetização, Pós-Protetização. * Fisioterapeuta graduada pela UFRJ.Pós Graduação Master em Traumato Ortopedia e Desportiva.

quinta-feira, 14 de julho de 2016

1º Workshop "Motivação e Competência" do Instituto de dança Priscila Ferraz em parceria com Christiane Penha do CH PENHA Projetos Educacionais.

O 1º Workshop sobre "Motivação e Competência" foi realizado na sede do IDPF no dia 13 de Julho, numa parceria entre a diretora do Instituto de Dança Priscila Ferraz e diretora do CH Penha Projetos Educacionais psicóloga/pedagoga Christiane Penha, que dinamizou a programação com foco na psicologia cognitivo-comportamental da dança voltada para os bailarinos do Instituto classificados para apresentações no Festival de dança de Joinville.
O desenvolvimento do programa alinhou-se com o mesmo método utilizado para atletas de diferentes modalidades esportivas, que participam de grandes eventos de repercussão nacional. O CH Penha possui um projeto chamado “Campeões no Divã” que visa demonstrar como a Psicologia pode melhorar o desempenho de atletas no sentido de desenvolver técnicas para alívio da ansiedade e melhoria no processo de motivação.
Trabalhamos juntos diversas atividades sobre motivação, dentre elas o conceito, a aplicação, motivação externa e interna. No encerramento, todos os participantes receberam seus certificados de participação das mãos da diretora do IPDF Priscila Ferraz e de Christiane Penha, pela nobre aprovação dos bailarinos no Festival de Dança de Joinville 2016, nas modalidades mostra competitiva e Palco aberto. Nesse contexto importantíssimo, os coreógrafos também foram contemplados.
Lista dos bailarinos, coreógrafos e coreografias aprovados para JOINVILLE 2016.
APROVAÇÃO PARA OS PALCOS ABERTOS - Conjunto de Dança Contemporânea Sênior: Coreografia: Estereótipos. Coreógrafa: Priscila Ferraz. Elenco: BEATRIZ DA ROCHA SALES -BIANCA CRISTINA MUNIZ DE SOUZA PAIVA -CAIO BASTOS DE SOUZA -CARLOS AFONSO -CAMILA ARAÚJO FERNANDES -CAROLINE FERREIRA DOS SANTOS -CINTIA CRISTINE -DANIELLA DE OLIVEIRA JESUS -DANIEL DE OLIVEIRA JESUS -GABRIELE FERNANDES -GABRIEL MATHEUS -ISABELA MACHADO -JULIA FERNANDES -KARLA KRISTINA DE OLIVEIRA SANTOS -LOHANA JUDICE DE LIMA -MARIA JÚLIA CARDOSO ´-MELISSA MUZILLO -NATALIA SANTOS MOTA EMYDIO -REBECA LUIZA -TALITA DE SOUZA -THALES WHELLINGTON -THAINÁ JUDICE DE LIMA. Conjunto de Danças Populares Sênior - Coreografia: O Casamento. Coreógrafa: Priscila Ferraz. Elenco: -BEATRIZ DA ROCHA SALES -BIANCA CRISTINA MUNIZ DE SOUZA PAIVA -CAIO BASTOS DE SOUZA -CAMILA ARAÚJO FERNANDES -CAROLINE FERREIRA DOS SANTOS -CINTIA CRISTINE -DANIEL DE OLIVEIRA JESUS -DANIELLA DE OLIVEIRA JESUS -GABRIELE FERNANDES -ISABELA MACHADO -JULIA FERNANDES -KARLA KRISTINA DE OLIVEIRA SANTOS -LOHANA JUDICE DE LIMA -MELISSA MUZILLO -NATALIA SANTOS MOTA EMYDIO -THAINÁ JUDICE DE LIMA. -Conjunto de Danças Urbanas Sênior. -Coreografia: The Last Rock. Coreógrafa: Thaiane Stallone. Elenco: BEATRIZ DA ROCHA SALES -BIANCA CRISTINA MUNIZ DE SOUZA PAIVA -CAIO BASTOS DE SOUZA -CAMILA ARAÚJO FERNANDES -CAROLINE FERREIRA DOS SANTOS -CINTIA CRISTINE -DANIEL DE OLIVEIRA JESUS -GABRIELE FERNANDES -ISABELA MACHADO -JULIA FERNANDES -KARLA KRISTINA DE OLIVEIRA SANTOS -LOHANA JUDICE DE LIMA -NATALIA SANTOS MOTA EMYDIO -THAINÁ JUDICE DE LIMA. Solo de Jazz Masculino Sênior. Coreografia: No Ritmo do Meu Mundo. Coreógrafo e Solista: DANIEL OLIVEIRA. Solo de Jazz Feminino Sênior. Coreografia: Libertai. Coreógrafo: Daniel Oliveira. Solista: KARLA KRISTINA. Solo de Jazz Feminino Infantil – APROVADO PARA OS PALCOS ABERTOS Coreografia: A História de uma Gata Coreógrafa: Priscila Ferraz Solista: JÚLIA MARIA Conjunto de Danças Populares Infantil. Coreografia: Indígenas. Coreógrafa: Priscila Ferraz. Elenco: DANIELLA DE OLIVEIRA JESUS -GABRIELLI CUNHA DE OLIVEIRA -JEANE MARIA COSTA SILVA CARNEIRO PENHA -JÚLIA MARIA COSTA SILVA CARNEIRO PENHA -MARIA EDUARDA ALVES DA SILVA RAMOS -MARIA EDUARDA LEAL CASEIRO -MELLISSA MONTEIRO MUZZILLO ARRUDA -THACYANA MOREIRA DE MELLO DUARTE. Conjunto de Danças Urbanas Infantil. Coreografia: Pra ser Feliz. Coreógrafa: Thaiane Stallone. Elenco: CLARA SOARES DO NASCIMENTO -DANIELLA DE OLIVEIRA JESUS -GABRIELLI CUNHA DE OLIVEIRA -ISABELA LOPES -JEANE MARIA COSTA SILVA CARNEIRO PENHA -JÚLIA MARIA COSTA SILVA CARNEIRO PENHA -MARIANA CORRÊA -MELLISSA MONTEIRO MUZZILLO ARRUDA -THACYANA MOREIRA DE MELLO DUARTE. APROVADO PARA MOSTRA COMPETITIVA - Solo de Dança Contemporânea Sênior. Coreografia: Em Caos. Coreógrafos: Daniel Oliveira, Priscila Ferraz e Maicon de Queiroz. Solista: CAIO BASTOS. Solo de Danças Urbanas Masculino Júnior. Coreografia: Renegado. Coreógrafo e Solista: EMANUEL ALMEIDA. PARABÉNS A TODOS!

domingo, 10 de julho de 2016

Instituto Filgueiras: Festa Julina nota 1000!

A grande festa julina do Instituto Filgueiras foi ontém! Linda e repleta de calor humano compartilhada por alunos, pais, responsáveis e professores. Juntos familiares e amigos se divertiram a valer com show de danças dos alunos que foram coreografados por seus professores, e também por eles mesmos, demonstrando que Nilópolis é sim a terra da dança, do esporte e de gente trabalhadora que se dedicam com amor a construção de um estado e de uma nação melhor para todos. Se você não veio, programe-se e venha no ano que vem. Faça melhor! Fique ligado em nosso site http://www.colegiofilgueiras.com.br/ e saiba quando estaremos festejando outras datas. Aqui estudar tem o significado maior de construir saberes dividindo alegria.
Recebemos em nossa festa julina com muita honra, as apresentações de duas escolas de dança de Nilópolis, premiadíssimas. Trata-se do Studio de danças Valeria Brito e do Instituto de Dança Priscila Ferraz. O Instituto Filgueiras compartilha com essas escolas o orgulho de ter bailarinas que estudam lá e aqui, compartilhando saberes e aprimorando outros conhecimentos trazidos de seus lares. Parabenizamos individualmente Jandara - Studio de danças Valeria Brito(Ensino Médio), Júlia Penha - Instituto de Dança Priscila Ferraz (6º ano) e Jeane Penha - Instituto de Dança Priscila Ferraz (5º ano). Destaca-se que nossas alunas bailarinas estão embarcando para participarem do festival de dança de Joinville, considerado pelo guinness book o maior festival de dança do mundo. GALERIA DE FOTOS DA FESTA JULINA DO IBSTITUTO FILGUEIRAS 2016.
VENHA NOS CONHECER!

sábado, 25 de junho de 2016

V Congresso Internacional Líderes e Reitores Latino Americanos “Congreso Liderazgo Educativo 3.0”

Prezado Educad@r: O Instituto de Pesquisas e Administração da Educação, objetivando colaborar com as instituições educacionais brasileiras, criou recentemente um setor voltado para a Cooperação Internacional. Dentre os serviços envolvidos nesse segmento há a sugestão de participação de dirigentes e demais profissionais que atuam nas universidades, centros universitários e faculdades em congressos que possibilitam a difusão dos trabalhos feitos pelas entidades brasileiras e bem assim a promoção de intercâmbio e outros negócios que possam gerar resultados sociais e financeiros para as mantenedoras. Na expectativa que a sugestão seja benéfica, firmamo-nos, cordialmente. João Roberto Moreira Alves (Presidente). Data do evento: 9 a 11 de julho de 2016. Fort Lauderlate – Flórida – USA (45 km do Aeroporto de Miami). APRESENTAÇÃO: Pelo quinto ano consecutivo o Colegio Abraham S. Fischler de Educación de Nova Southeastern University (uma das mais bem referenciadas universidades americanas) celebra um marco de grande relevância para reunir os reitores, líderes e pessoas interessadas nas tendências e desenvolvimento da educação: o Congresso Internacional “Congreso Liderazgo Educativo 3.0” Dentro de sua linha de cooperação internacional o Instituto de Pesquisas e Administração da Educação está divulgando o evento e colaborando para que possa existir a projeção de universidades, centros universitários, faculdades e demais instituições brasileiras no cenário mundial. A programação mostra a grande diversidade e modernidade de temas. A língua oficial será o espanhol, o que facilita a compreensão para todos os brasileiros. Ao término será feita uma visita à Universidade que organiza o evento. PROGRAMA CIENTíFICO: - Las mejores universidades del mundo. ¿Como validan su posición? - Las 15 mejores app para la enseñanza y el aprendizaje - Dos nuevas tendencias en la educación: Curación de contenido y Microlearning - Hacia una educación virtual sin distancia. ¿Qué hacer para convertir la distancia en una oportunidad de desarrollo de los estudiantes? - ¿Quién decide el aprendizaje, la tecnología o la metodología? Las mejores prácticas “hablan”icas“h ablan” - Las bibliotecas “on line” del futuro. Una visita a la biblioteca NSU - IZone o la Zona de innovación educativa de NSU - Tendencias curriculares de la educación superior: Un caso de estudio. ORGANIZAÇÃO: Nova Southeastern University. HOTEL SEDE - Renaissance Plantation Hotel: http://www.renaissanceplantation.com - INFORMAÇÕES GERAIS: http://education.nova.edu/summer/congreso-rectores.html INFORMAÇÕES ESPECIFICAS: http://education.nova.edu/summer/pdf/Boletín%20Informativo%203.pdf - CONTATO COLABORATIVO NO BRASIL: Instituto de Pesquisas e Administração da Educação: instituto@ipae.com.br - (21) 3905-0964 – 3471-6301. CONTATO NOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA: Dr. Francisco Vital. fvital@nova.edu - +1.305.275.2634 - www.ipae.com.br

V Congresso Nacional de Pesquisas em Tradução e Interpretação de Libras e Língua Portuguesa!

Depois de dois anos estaremos nos reencontrando no V Congresso Nacional de Pesquisas em Tradução e Interpretação de Libras e Língua Portuguesa! É um ano de celebração, pois chegamos ao nosso quinto encontro com avanços consideráveis nas pesquisas nesta área. Percebemos que nossa área está cunhada, definitivamente, no campo dos Estudos da Tradução. Ao olharmos para trás, percebemos o quanto avançamos e consolidamos os estudos e com base no presente, vemos um futuro ainda mais rico. Neste ano, o tema do evento está relacionado com os diferentes aspectos que atravessam a tradução e a interpretação. São aspectos intermodais, interlinguísticos, interculturais e intersemióticos. Neste ano ainda, teremos o I Congresso Nacional de Pesquisas em Linguística e Línguas de Sinais. Vimos que a Linguística também tem avançado muito nos estudos sobre a Libras e outras línguas de sinais no país. Os dois eventos acontecerão na mesma semana, assim todos terão a oportunidade de optar em vir a Florianópolis para ter participar dos dois eventos que são relevantes nos estudos das línguas de sinais. O tema do primeiro congresso de linguística e línguas de sinais envolve as bases linguísticas da Libras. Estamos constituindo o Corpus Nacional de Libras e consideramos que este evento irá coroar esses primeiros passos e fortalecer os estudos das línguas de sinais no país. Estamos preparando dois eventos muito especiais neste ano. Informações em http://www.congressotils.com.br/

Estação das Letras.

Introdução aos Gêneros Literários: Identificar os procedimentos técnicos que caracterizam cada um dos gêneros literários: prosa, poesia, romance, conto e crônica. Desenvolver o estudo e a criação de textos a partir da leitura de diversas modalidades textuais. Prof.ª Suzana Vargas - De 04 a 07/07 das 19h às 21h | Carga horária: 8h. Lancei meu livro. E agora? – Como conquistar a rede e a mídia: Sabemos que a publicação de um livro é apenas o primeiro passo de uma longa e difícil jornada. Agora, com o livro publicado, precisamos fazer fãs nas redes sociais e conquistar a mídia. Este curso pretende mostrar aos escritores iniciantes como multiplicar a visibilidade do seu livro. Prof. Marcelo Costa - Dias 04, 06, 07 e 08/07 das 18h às 21h | Carga horária: 12h. A Literatura e Os Grandes Temas da Cultura Contemporânea: Os grandes temas da literatura assim como abordados pelos autores mais representativos da contemporaneidade. Este curso irá abordar a ciência, a saúde, a razão e a loucura, o corpo e suas relações de poder, a identidade e outros temas que atravessam a produção de autores e pensadores do nosso tempo. A intertextualidade entre pensadores e poetas será explorada em sala, oferecendo-se uma síntese em exercícios e análises textuais. Prof. Gonçalo M. Tavares - Dias 08 e 09/07 das 11h às 17h | Carga horária: 10h. Formação de Revisores e Copidesques: O curso tem o objetivo de formar profissionais habilitados a trabalhar na área de editoração como editores de texto, copidesques e revisores de provas. Aulas com diversos exercícios. Prof. Alvanísio Damasceno - Dias 09 e 16/07 (sábados) das 13h30 às 19h | Carga horária: 10h. Novos Autores e o Mercado Editorial: Neste curso, serão apresentados aspectos do mercado editorial com foco nos novos autores, abordando os tipos de publicação, os gêneros literários, a importância do marketing, as diversas editoras, a distribuição e apresentação de um livro de estreia, os prêmios literários, os modelos de contrato, além de tratar brevemente de aspectos da estrutura do romance. Prof. Raphael Montes - Dias 11 e 13/07 das 18h às 21h | Carga horária: 6h. Mergulho na Escrita: Desbloqueio da espontaneidade e criatividade por meio de exercícios de desenvolvimento da escrita. Leitura de textos com os quais os alunos irão trabalhar utilizando técnicas diversas como jogos verbais, enumeração, escrita automática e mapa de ideias. Prof.ª Silvia Carvão: De 11 a 15/07 das 10h às 12h | Carga horária: 10h. Poesia e Filosofia: Três encontros sobre Poesia e Filosofia com um grande mestre que irá pensar os distintos papéis que estas formas de pensamento e criação assumem no terreno artístico e conceitual. Quem são o poeta e o filósofo? Como apreendem o mundo e de que forma essa apreensão se manifesta? Que limites ilimitados existem entre um e outro modo de estudar a realidade? Onde se encontram, onde se separam, onde se complementam? Prof. Antonio Cícero: Dias 11, 12 e 13/07 das 19h às 21h | Carga horária: 6h. Oficina de Haikai: As aulas de Haikai são uma experiência única para quem já fez – Alice convence a gente que no fundo de cada um existe um poeta louco pra despertar, e descobrimos surpresos que sim, é possível. Prof.ª Alice Ruiz: Dias 14, 15 e 16/07 (5ª e 6a feira das 18h às 21h e sábado das 10h às 13h) | Carga horária: 9h. Nosso endereço: Estação das Letras - Rua Marquês de Abrantes, 177 - Lojas 107/108 :: Flamengo. Rio De Janeiro, RJ 22230-060. Telefone: (21) 3237-3947. http://estacaodasletras.com.br/

quinta-feira, 23 de junho de 2016

CEFIT: Pós Graduação Internacional em Treinamento Desportivo.

INFORMAÇÕES GERAIS: este formato de curso (Intensivo) de Pós-Graduação Lato Sensu, com atividades em apenas 3 períodos quinzenais, possibilita ao pós-graduando acompanhar as aulas de forma concentrada e ininterrupta, facilitando também a participação de alunos que residem fora da capital de SP, além de viabilizar a vinda de palestrantes internacionais, com reconhecido nível científico e técnico, dentro do esporte mundial. Local: unidade UNIP / Universidade Paulista, na Vergueiro, 1211 - Paraíso - São Paulo/ SP (próximo à Estação Paraíso do metrô). Dias e horários: 04 a 08; e 11 a 17 de Julho 2016 / 16 a 21; 23-24 e 26 a 29 de Janeiro 2017 / 03 a 08; e 10 a 15 de Julho 2017 - aulas durante a semana: 13h às 23h; final de semana: 08h às 18h. Carga horária: 360 horas-aula. Público alvo: Graduados em Educação Física, Esportes, Fisioterapia, Nutrição, Medicina e Biomedicina, além de profissionais de outras áreas, que queiram aperfeiçoar seus conhecimentos sobre Treinamento Desportivo. Inscrições pelo site: www.cefit.esp.br/treinamento-desportivo. Esse curso é diferenciado pelo fato de ser internacional, com professores de fora do Brasil direto para o CEFIT. Avalie alguns detalhes através do vídeo no link www.facebook.com/treinamento-desportivo . OORDENADOR CIENTÍFICO: Antônio Carlos Gomes - Doutor em Treinamento Desportivo pela Universidade de Cultura Física da Rússia; Consultor do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e da Academia Brasileira de Treinadores (ABT-COB); Superintendente de Alto Rendimento da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt); Foi Coordenador Técnico do Curso de "Treinamento Desportivo" e Docente convidado dos Cursos de Pós-Graduação em "Fisiologia do Exercício" e de "Treinamento Personalizado" do CEFE, na UNIFESP-EPM; Diretor técnico do Clube Atlético Paranaense (2000/2008); Consultor Científico do Departamento de Futebol Profissional do Sport Clube Corinthians Paulista (2010-2011); Consultor de várias Confederações de modalidades, de Clubes no Brasil e no Exterior, e de diversos atletas de elite. COORDENADOR ACADÊMICO Fernando Carmelo Torres - Médico Esportivo (SBMEE-AMB) do Laboratório de Ciências do Esporte, no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), do Departamento de Fisiologia (Setor de Fisiologia do Exercício) da Universidade Federal de São Paulo-Escola Paulista de Medicina (UNIFESP-EPM); Docente da Academia Brasileira de Treinadores do Comitê Olímpico Brasileiro (ABT-COB); Foi Supervisor Geral de Ensino e Docente do Centro de Estudos de Fisiologia do Exercício (CEFE), na UNIFESP-EPM; Coordenador de diversas turmas dos Cursos de "Treinamento Personalizado" e de "Fisiologia do Exercício", além de Docente do Curso de "Treinamento Desportivo" do CEFE, na UNIFESP-EPM; Membro Preceptor da Residência de Medicina Esportiva da UNIFESP-EPM; Coordenador de Medicina Esportiva/Avaliação Física e Supervisor Geral da Rede "Fórmula Academia" (1993/2008) e "Body Tech" (2008); Médico Fisiologista de vários atletas e equipes de elite. DOCENTES E PALESTRANTES CONVIDADOS: Abdallah Achour Jr. – UEL / ABT-COB; Antonio Carlos Gomes – CBAt / ABT-COB / CEFIT; Andrey Anatole Zakharov - Rússia; Tatiana Fomitchenco - Rússia; Dilmar Pinto Guedes - UNIMES; Fernando Torres – UNIFESP-EPM / ABT-COB / CEFIT; Clovis Franciscon - CBAt; Oscar Amauri Erichsen – CA Paranaense; Paulo R. Oliveira – UNICAMP; Sergio Gregório – UFPR; João P. Borin – UNICAMP; Edson Palomares - ABT-COB; Nélio Moura - CBAt; Emerson Ramirez - Univ. Vigo-Espanha / ABT-COB e outros palestrantes convidados. OBJETIVOS DO CURSO: Capacitar o profissional a aplicar os conceitos de Treinamento Desportivo em: Avaliação de Aptidão Física; Elaboração de programas de condicionamento físico, reabilitação e treinamento de alto rendimento; Formação de recursos humanos; e Desenvolvimento de projetos de pesquisa na área de Treinamento Desportivo. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: Teoria do Treinamento Desportivo / Bases Fisiológicas, Nutricionais e Adaptações Morfo-Funcionais do Treinamento Desportivo / Treinamento Desportivo na Infância e Adolescência / Avaliação da Aptidão Física e Motora / Carga de Treinamento e Forma Desportiva / Treinamento e Aperfeiçoamento das Capacidades Físicas / Organização e Periodização do Treinamento Desportivo / Biomecânica Desportiva / Tópicos Especiais em Treinamento Desportivo / Metodologia da Pesquisa Científica: Elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), a ser entregue na forma de monografia, sobre assunto pertinente ao curso. Observações Este curso de pós-graduação Lato Sensu tem reconhecimento pelo MEC (Universidade Paulista - UNIP). Documentos necessários para Matrícula: 1. Curriculum Vitae; 2. Uma foto 3x4 recente; 3. Cópias simples de: Diploma e Histórico Escolar de Graduação Superior (trazer originais de ambos, para conferência), CPF, RG, Certidão de Nascimento ou Casamento, Comprovante de Residência, Comprovante de pagamento da Inscrição. Entrega até o 1º dia de aula (de preferência, até 31/03, para otimizar o atendimento e agilizar procedimentos subsequentes), na unidade da Rua Vergueiro, 1211 – 12º andar (setor de atendimento ao aluno – Pós-graduação), campus Paraíso: segunda à sexta, das 08-21h; sábados, das 08-17h. Alunos do exterior: consultar documentação específica pelo e-mail contato@cefit.esp.br. Para obter a certificação do curso de pós-graduação lato sensu o aluno deve ter: Média final igual ou superior a 7,0 (sete) em cada módulo disciplinar, bem como no TCC (Trabalho de Conclusão de Curso); Frequência em, pelo menos, 75% das aulas; Documentação exigida entregue e em ordem. As VAGAS SÃO LIMITADAS, sendo preenchidas por ordem cronológica de confirmação de pagamento da taxa de inscrição. Fica reservada à coordenação geral a substituição de professores e locais de aulas por outros de igual qualificação, bem como a alteração de datas, caso haja necessidade. Não haverá reembolso de pagamentos feitos (taxas e/ou mensalidades), em caso de desistência do aluno. O curso poderá ser cancelado ou adiado, por falta de quórum mínimo de alunos matriculados, com pelo menos 48 horas de antecedência da data prevista para seu início. Na hipótese de cancelamento do curso por parte da organização, será devolvido 100% do valor de taxas pagas (Inscrição/Matrícula), por meio de depósito em conta bancária do inscrito. A organização do curso não se responsabiliza por quaisquer outros valores que eventualmente tenham sido despendidos pelo participante, seja a que título for, tais como passagens rodoviárias/aéreas, combustível, hospedagem etc. Fonte: Antonio Carlos Gomes. Contato com o blog via e-mail.

domingo, 19 de junho de 2016

Basile Estudo Orientado

Trabalhamos para motivar, estimular e ajudar os alunos a formarem e a desenvolverem métodos e rotinas de estudo. Basile Estudo Orientado - Aulas Particulares. Ajudamos você a encarar e a vencer os problemas e os desafios escolares. Aulas Particulares de todas as matérias do ensino fundamental até o superior. Redação, Vestibular, Vestibulinho Estudo Orientado, Preparação a Testes Orientação Profissional, Coaching Educacional e Psicopedagógico. Conte com nossos 19 anos de experiência. Excelentes professores. Agende uma entrevista sem compromisso para conhecer de perto nossos trabalhos e saber qual o mais adequado para você ou para seu filho (a). Esperamos você! att. Maria Tereza Gomes Basile - Psicopedagoga. Tel.: 3022-2263. 3022-2264. basileestudoorientado@gmail.com - http://www.basileestudoorientado.com.br, http://m.basileestudoorientado.com.br

quinta-feira, 9 de junho de 2016

UNIABEU OFERECE SUPORTE AO ALUNO NO CLICLO ACADÊMICO.

A Uniabeu segue a linha do aperfeiçoamento do atendimento focada à gestão acadêmica, visando garantir aos seus objetivos educacionais. Para que isso ocorra efetivamente, o Centro de Apoio Psicopedagógico (CAPSI) passa a atuar como Núcleo de Inclusão e Apoio ao Discente (NIADIS). O objetivo é conhecer as necessidades do aluno de forma geral e oferecer acompanhamento e orientação. “O CAPSI existe desde 2008 e, em 2014, passou a existir o Núcleo de Inclusão e agora, a partir do mês de abril, passamos a unir os dois segmentos ao NIADIS que engloba o apoio ao discente como um todo, seja esse aluno com ou sem deficiência”, explica a orientadora acadêmica Tatiana Oliveira. Segundo ela, o setor é referência de apoio para alunos que vivenciam dificuldades cognitivas ou de aprendizagem no decorrer da trajetória acadêmica. De acordo com a pedagoga e psicóloga Christiane Penha, a intenção é atuar como ponto de apoio aos alunos nas dificuldades cognitivas e de aprendizagem. “Queremos contribuir para que eles possam enfrentar as questões que venham a prejudicar e interferir no processo de desenvolvimento pessoal, acadêmico ou profissional”, explica. Com atuação desde abril, o NIADIS é um canal de acesso para o aluno da Uniabeu que oferece atendimento individual ou em grupo, para identificação dos possíveis obstáculos no desenvolvimento do processo de aprendizagem. “Promovemos o acolhimento e apoio estudante ingressante para uma adaptação satisfatória, realização de oficinas de promoção da aprendizagem, apoio aos estudantes que participam das lideranças universitárias, através de encontros semestrais”, comenta orientadora acadêmica Leila Tavares. “Esperamos que os alunos frequentem o NIADIS. É importante que eles saibam que podem contar com a nossa atuação nas dificuldades de aprendizagem, para o enfrentamento de questões que venham a prejudicá-los em algum momento da vida acadêmica”, afirma a orientadora Oliveira. Contato com o NIADIS: Campus 1 - Belford Roxo - Tel.: (21) 2104-0450 ramal 475. E-mail: niadis@uniabeu.edu.br. Campus 2 – Nilópolis; Tel.: (21) 3214-8200. Campus 6 - Nova Iguaçu; Tel.: (21) 3214-6100. Fonte: UNIABEU / Niadis 08 junho 2016.Facebook. Página http://www.uniabeu.edu.br/unidades.php?unidade=belford+roxo

Páginas